sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Uma velha amiga faleceu !!!!

Pois é, fiquei sabendo no início da tarde. Faleceu minha amiga da adolescência. Nos conhecemos porque "namorei" seu irmão. Por causa dessa paixão de adolescente conheci ela e a família toda. Passamos anos grudadas uma na outra. Íamos a todos os lugares juntas, convite para uma automaticamente incluia a outra. Depois cresci, casei, tive filhos, mudei de cidade. Nos afastamos, ela me visitou com o irmão mais novo, um bom amigo até hoje. Me visitou com o noivo, nos encontrávamos nas ocasiões festivas e nos enterros. Agora me rolam as lágrimas porque justamente ao seu entero não poderei ir. Estou longe, muito longe. As lembranças que tenho são muitas, mas as que mas me agradam, são aquelas que estamos sentadas no sofá da sala da sua casa, geralmente nas tardes de sábado e domingo, ouvindo música e cantando. Cantávamos muito, em casa, na rua, no carro. Tive vários namorados depois do irmão dela, saíamos todos juntos. Eu, ela e nossos namorados.
A gente se divertia adoidado. Fazem dois anos que nos vimos pela última vez. Passamos uma tarde de verão na casa de um amiga em comum. Quando acendi um cigarro ela me falou rindo: ainda não parou de fumar ?? eu tive que parar. Deu uma risada e perguntou : não fui eu quem te ensinou a fumar não, né ?? Não foi não minha amiga, quando te conheci já fumava.  
Sei que estava a meses sofrendo no hospital por causa do lúpus, então descansou, mas isso não diminui meu pesar ao saber da sua morte. vai com Deus amiga, vai ser feliz !!!!

domingo, 10 de janeiro de 2016

E as crianças se foram !!!!

Passei quase um mês com meus filhos. Primeiro chegou minha menina lá no dia 13 e depois meu menino e sua esposa no dia 20. Foi maravilhoso, passeamos muito, fomos a Budapeste, Viena, Bratislava, Tatras, Levoca, Spisska e muitos outros lugares. Conversamos, rimos, cozinhamos, passeamos e matamos as saudades.
Era bom ter a casa movimentada, coisas fora do lugar. Cheiros e barulhos, que são velhos conhecidos, mas que andavam sumidos.
Agora estamos de novo eu e o lindo, juntinhos e cuidando um do outro com muito amor e carinho. Pois a casa está num silêncio de dar medo.
Mas o lindo, sempre se supera na hora de cuidar de mim. Lá no aeroporto mesmo, secou minhas lágrimas com carinho, me disse palavras doces e me levou para passear em Viena, depois me levou para jantar e foi só amor e atenção.
Ontem na viagem de volta, gastou uma baba comigo. Ganhei muitos presentes, muito carinho e muito amor. Hoje não foi diferente, assumiu a cozinha desde ontem e tem me alimentado muito bem. Me levou logo que acordammos para rua, e me manteve ocupada até agora a pouco. Confesso que tenho segurado as lágrimas muitas vezes, vai demorar um pouquinho para que elas deixem de me saltar aos olhos cada vez que me lembro dos meus filhotes.
Minha menina me deixou uma cartinha sob o travesseiro, pedindo que eu ficasse bem, que tinha adorado tudo e que logo nos veremos de novo.
O menino instalou o netflix, para que eu me distraia assistindo filmes e séries. Minha nora me mandou um site de receitas rápidas.
Sou uma pessoa de muita sorte, tenho uma família maravilhosa, que não mede esforços para que eu seja feliz. Então, apesar de minhas crianças estarem longe fisicamente, estão dentro do meu coração.
Agora é secar as lágrimas e ser mais feliz ainda, que tenho um montão de boas lembranças para me acalmar a alma.