sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Uma velha amiga faleceu !!!!

Pois é, fiquei sabendo no início da tarde. Faleceu minha amiga da adolescência. Nos conhecemos porque "namorei" seu irmão. Por causa dessa paixão de adolescente conheci ela e a família toda. Passamos anos grudadas uma na outra. Íamos a todos os lugares juntas, convite para uma automaticamente incluia a outra. Depois cresci, casei, tive filhos, mudei de cidade. Nos afastamos, ela me visitou com o irmão mais novo, um bom amigo até hoje. Me visitou com o noivo, nos encontrávamos nas ocasiões festivas e nos enterros. Agora me rolam as lágrimas porque justamente ao seu entero não poderei ir. Estou longe, muito longe. As lembranças que tenho são muitas, mas as que mas me agradam, são aquelas que estamos sentadas no sofá da sala da sua casa, geralmente nas tardes de sábado e domingo, ouvindo música e cantando. Cantávamos muito, em casa, na rua, no carro. Tive vários namorados depois do irmão dela, saíamos todos juntos. Eu, ela e nossos namorados.
A gente se divertia adoidado. Fazem dois anos que nos vimos pela última vez. Passamos uma tarde de verão na casa de um amiga em comum. Quando acendi um cigarro ela me falou rindo: ainda não parou de fumar ?? eu tive que parar. Deu uma risada e perguntou : não fui eu quem te ensinou a fumar não, né ?? Não foi não minha amiga, quando te conheci já fumava.  
Sei que estava a meses sofrendo no hospital por causa do lúpus, então descansou, mas isso não diminui meu pesar ao saber da sua morte. vai com Deus amiga, vai ser feliz !!!!

domingo, 10 de janeiro de 2016

E as crianças se foram !!!!

Passei quase um mês com meus filhos. Primeiro chegou minha menina lá no dia 13 e depois meu menino e sua esposa no dia 20. Foi maravilhoso, passeamos muito, fomos a Budapeste, Viena, Bratislava, Tatras, Levoca, Spisska e muitos outros lugares. Conversamos, rimos, cozinhamos, passeamos e matamos as saudades.
Era bom ter a casa movimentada, coisas fora do lugar. Cheiros e barulhos, que são velhos conhecidos, mas que andavam sumidos.
Agora estamos de novo eu e o lindo, juntinhos e cuidando um do outro com muito amor e carinho. Pois a casa está num silêncio de dar medo.
Mas o lindo, sempre se supera na hora de cuidar de mim. Lá no aeroporto mesmo, secou minhas lágrimas com carinho, me disse palavras doces e me levou para passear em Viena, depois me levou para jantar e foi só amor e atenção.
Ontem na viagem de volta, gastou uma baba comigo. Ganhei muitos presentes, muito carinho e muito amor. Hoje não foi diferente, assumiu a cozinha desde ontem e tem me alimentado muito bem. Me levou logo que acordammos para rua, e me manteve ocupada até agora a pouco. Confesso que tenho segurado as lágrimas muitas vezes, vai demorar um pouquinho para que elas deixem de me saltar aos olhos cada vez que me lembro dos meus filhotes.
Minha menina me deixou uma cartinha sob o travesseiro, pedindo que eu ficasse bem, que tinha adorado tudo e que logo nos veremos de novo.
O menino instalou o netflix, para que eu me distraia assistindo filmes e séries. Minha nora me mandou um site de receitas rápidas.
Sou uma pessoa de muita sorte, tenho uma família maravilhosa, que não mede esforços para que eu seja feliz. Então, apesar de minhas crianças estarem longe fisicamente, estão dentro do meu coração.
Agora é secar as lágrimas e ser mais feliz ainda, que tenho um montão de boas lembranças para me acalmar a alma.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

32 Anos de casados !!!!!

Por mais difícil que tenha sido o último ano, não tenho dúvidas "ele me ama". Na verdade nunca duvidei disso. Mas as vezes as coisas ficam difíceis, não é fácil ficar casado durante tanto tempo e muito difícil continuar amando.
A única coisa que posso dizer é que adoro acordar devagarinho, amar com paixão e ficar abraçadinho, rindo e conversando.
Na quarta a noite, ele me levou para jantar no melhor restaurante da cidade, me deu lindos brincos de presente, e me surpreendeu de novo, pois o aniversário de casamento era ontem. Então ontem acordamos cheios de paixão, tivemos um dia muito tranquilo e uma noite muito gostosa. Enchi a casa de velas, ele estava usando a minha camisa preferida e eu com um vestido, lingeries e sapatos novos.
tivemos uma noite muito agradável e hoje acordamos bem devagarinho e ficamos um tempão ainda na cama, numa intimidade que faria inveja a muitos casais recém casados.
O que dizer sobre isso ?? Tudo e nada, só quem tem uma vida inteira juntos, que enfrenta tudo juntos, que não desiste, que luta, que ri e que brinca sabe do que eu estou falando. Vencemos a pior batalha das nossas vidas juntos e juntos continuamos a nos amar !!!!!

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

O celular congelou de frio !!!!

Isso mesmo, o meu celular ontem congelou de frio e desligou. Tivemos um final de semana maravilhoso. Não teve sol, mas também não teve chuva. Apesar do frio foi possível passear pela cidade.
No sábado, o lindo me agradou de todas as maneiras possíveis. Depois de uma semana pesada, pois a saudade e a solidão tinham me atacado de verdade, tive o melhor final de semana do último ano. Me senti muito amada e tão desejada, que estou me sentindo de novo muito feliz.
Ontem o clima bom continuou e no final do dia o lindo me convido para passear pela cidade. Saímos devidamente agasalhados e quando vi que o termomêtro marcava 3 graus, fui tirar uma foto. Gente o danado congelou e desligou, só voltou depois ser devidamente aquecido. Isso é quando chegamos em casa. É a segunda vez que isso acontece, já aconteceu com vocês também ,????

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Os agrados que recebo !!!!

Sou de fato muito agradada, o lindo é o campeão, mas recebo mimos e agrados dos meus filhos e amigos mesmo estando longe.
Dos amigos e da família recebo mensagens, me ligam via whats e facetime e etc. Sempre tem alguém disposto a conversar e me ouvir. Agradeço do fundo do coração, todo carinho e dedicação que todos tem demonstardo. Como disse para um amigo, não estou infeliz, apenas estou triste essa semana. O tempo feio e frio tem muito a ver com isso. Mas tem toda saudade que sinto das pessoas e principalmente dos meus filhos.
Hoje pela manhã, postei uma música para cada um desejando bom dia. Gostamos muito de música. Botei uma que fazia lembrar de cada um distintamente, cada qual do seu jeito. Logo depois recebo uma mensagem de meu menino: qqeh essa música? e duas carinhas chorando de rir
- KKKK, é para dar bom dia
- não conheço ela, nunca ouvi antes acho
- conhece sim, é do Melhor da Juventude (uma série que nós dois assistimos e gostamos muito)
- eeh? de q parte ?
- Do Mateo com a menina doente na cidade pqna
- ah, acho q sei
- Quando ele e o Nicola levam ela pro pai, da junkbox
- sei, ele discute com um cara, igual a todo filme
- Tive o maior trabalho pra achar
- mas pq tava procurando essa
 pq gosto dessa e achei q tu ia lembrar
= pior q eu lembro da cena, mas não lembrava da música certinho
- kkkk
Dois minutos depois ela manda outra mensagem
- ahei todas no youtube, até as de piano q "..........." tocava
- sério, kkkk, grava pra mim, daí me dá de natal
- mandei no face, mais fácil
Depois vem toda uma explicação do que eu deveria fazer par ouvir as músicas sempre que quiser.
Estou com as músicas gravadas, ouvindo e feliz que nem pinto no lixo. Ter um filho assim, é uma dádiva.


quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Saudades !!!!

Hoje eu seria capaz de qualquer coisa por um dia de rotina, daqueles lá do Brasil. Acordar cedo, ir pra cozinha de camisola curtinha, preparar o suco e o café. Botar a mesa falando com o papagaio e receber festa do cachorro. Dar um beijo de bom dia no lindo e sair para caminhar, voltar suada, tomar um banho e ir trabalhar. Pegar um café antes de subir para o consultório, rir e falar com as meninas do café. Chegar em casa e falar com a véia pelo celular enquanto botava a mesa pro almoço. Escutar Rosa Maria falar mal do marido enquanto limpava a cozinha e me preparava um chá. Ouvir o telefone e intrefone tocar. Adiantar as coisas para noite que hoje é dia de encontrinho com as meninas. Pegar o carro, buscar uma irmã para irmos a casa de mamis, que hoje é o aniversário de alguém. Chegar lá e receber um abraço do irmão mais amado do mundo que me recebe dizendo: como você está bonita minha irmã. Devagarinho todos vão chegando, beijando e abraçando. O café é servido com as gostosuras de mamis, as crianças vão chegando da escola e está na hora de voltar.
Chego em casa correndo, tomo um banho e começo a organizar as coisas que a Miche chega cedo pois vem direto do trabalho. Toca o interfone, falo com o porteiro e aviso que mais mulheres vão chegar.
Chega mensagem da Karina e logo depois da Flávia perguntando o que trazer. Nada eu respondo, só vocês. Uma a uma elas vão chegando. Miche, Flávia, Fernanda, a Karina por último que vai para a acadêmia primeiro. Toca a campainha, Billy Júnior faz a gritaria dele e o prendo na lavanderia. Agora estamos todas aqui, vamos abrir a champanhota e brindar. A noite corre solta e leve, com boa conversa, pouca comida, bastante champanhota e cigarros fumados na janela. As gargalhadas são muitas. O lindo chega e aos poucos elas vão indo, Miche primeiro e logo depois a Karina e as manas por último, tomamos uma última taça e fumamos um último cigarro. Gente que saudade dessa vida hoje !!!!

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Do que acontece por aqui !!!!

Ontem um amigo disse que devo postar mais sobre o que acontece por aqui. Tanto de bom quanto de ruim. Então lá vai.
De bom, meu marido me agrada o máximo que pode, me dá tudo que o dinheiro pode comprar. Não pode me dar os abraços, beijos e conversas com os filhos, família e amigos. Mas pode e me dá o seu abraço, seu beijo e sua conversa.
Viajamos muito, passeamos muito e nos amamos muito.
De ruim, estou num país onde a língua é muito diferente e não consigo me comunicar. Conheço apenas uma pessoa que fala português, e ele é funcionário do meu marido, então não posso abusar. Também são poucas as pessoas que falam inglês. A minha maior dificuldade é a solidão. Não tem manicure que faça minhas unhas como no Brasil, a cabeleleira está acabando com meu cabelo, de loira escura que era, estou quase ruiva. O cabelo todo queimado e não conseguimos nos comunicar verbalmente. Apesar de já estar fazendo aulas de eslovaco, meu vocabulário ainda é muito limitado, então é quase tudo na base da mimíca e uma ou outra palavra em inglês.
Temos vivido situações muita divertidas e outras bem complicadas, as vezes bate um desespero, vontade de pegar um avião e voltar pro Brasil. Outras vezes estou tão feliz que sequer cogito essa idéia, vai entender essa confusão emocional. Só quem já viveu, é que sabe o quanto é difícil lidar com todas as emoções que aparecem volta e meia. Então por hoje é isso.