quarta-feira, 26 de agosto de 2015

As coisas boas e as dificuldades da vida nova !!!!

Primeira coisa boa, é que começamos de fato uma vida nova eu e o lindo. Estamos como apenas eu e ele, como era quando começamos a quase 32 anos atrás. Nossa menina ficou no Brasil e Ruanito e a esposa andam em LUA DE MEL pela França. Achamos que, como são os dois maravilhosos, mereciam esse presente de casamento. Meu lindo proporcionou a viagem para eles com meu total aval. Logo voltam para Londres e no final de setembro vem nos visitar.
Então estamos apenas nós, podemos proporcionar bons presentes e viagens para nossos filhos. Apesar de estar trabalhando feito um louco, o lindo trabalha no mesmo prédio em que moramos, portanto não pega transito e volta e meia sobe até aqui para me dar um beijo. Tenho participado mais da vida profissional dele e estou muito feliz com isso. Ele me leva até lá, me mostra as coisas e noite destas fiquei com ele até quase 10 hs da noite ajudando a montar as coisas para o dia seguinte. Ontem me levou junto para recepcionar o grupo de brasilleiros que veio para ajudar a fazer a instalação dos processos. Hoje me levou para almoçar com seus gerentes eslovacos. Estou gostando muito disso. Ele na semana passada me levou até Bratislava e Viena para comprar o enxoval da nova casa.
 Estamos longe de pessoas más e invejosas que nos fizeram mal até bem pouco atrás. Isso também me deixa muito feliz. Apesar de cansados com toda correria que tem sido nossa vida nos últimos 45 dias, estamos acordando cedo e caminhando juntos todas as manhãs. Conversamos muito a noite enquanto ele cozinha e tomamos um vinho.
O apartamento é maravilhoso, não tenho nada a reclamar quanto a localização, segurança ou conforto.
Das dificuldades a principal é a língua, não falamos eslovaco, estou procurando um professor mas ainda não achei. Apesar de poucos falarem inglês no comércio local, todas as pessoas tem sido muito prestativas e gentis conosco. Sempre nos ajudam quando temos alguma dificuldade.
A outra grande dificuldade para mim é a solidão. O lindo trabalha, vê e fala com outras pessoas, eu, até ontem a noite não tinha tido uma conversa coerente com pessoa alguma além do lindo. Deixei meu país, minha filha, minha família de origem, meus amigos, meu trabalho, e muitas outras coisas lá no Brasil para vir para cá com meu marido e pela dificuldade de comunicação ficarei um tempo meio no limbo e isso não é fácil.
Mas como tem tantas coisas boas acontecendo, nossa vida toda se renovando tenho certeza de que seremos cada vez mais felizes aqui neste país que nos recebeu com muito sol, calor e tranquilidade.
Na penultima visita de minha filha dei um presente simbólico mais uma cartinha dizendo o que fazer com aquilo. Então graças a Deus, também trouxe comigo o síbologismo.
E hoje para ser feliz eu precisei de cabeleleiro, pedicure, manicure. Precisei também de muita faxina e bolinhas de sabão. Agora, já estou com minhas velas aromáticas acesas,vou abrir um vinho e fazer uma massa para meu lindo. Que hoje é quarta feira, dia de ser feliz minha gente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário