quarta-feira, 12 de agosto de 2015

A mosca varejeira, continuava tentando !!!!

Gente ela me persegue, apareceu aqui em Joinville, lá em Londres, em Kosice e agora de novo em Joinville.
Já falei sobre este tipo de mosca, todas são nojentas, mas essa, nossa... é o tipo de mosca que pousa em tudo quanto é coisa nojenta, onde encosta contamina, provoca doença, pois vive pousando "na sujeira" de todos, no lixo de qualquer lugar, é o tipo de mosca que causa muito asco, muito nojo. E a nojenta me persegue. Apareceu hoje de novo, confesso que fui descuidada. Com a correria da mudança, eu e o lindo andamos muito atarefados. Mas sempre ao final do dia, temos um tempinho só para nós. Daí ele cozinha, tomamos um vinho, fazemos planos, nos divertimos, falamos com os filhos e nos amamos. Daí que nem sempre tomamos o cuidado necessário na hora de fechar a casa, as vezes estamos felizes demais e acabamos por esquecer uma janela aberta. Hoje na hora em que nos deitamos na cama, não para dormir que ainda era muito cedo, mas queríamos nos despedir da nossa cama também, a mosca começou a zunir, e ficou lá chateando como só um bicho nogento desses sabe fazer. Confeso que de outras vezes fiquei meio assim com peninha, porque é suja e nojenta mas afinal é um ser vivo, tem filhos, uma família, amigos, sei lá como é a vida dos insetos. Mas olha dessa vez me encheu o saco, peguei um livro e matei. Sem dó nem piedade. Dei uma livrada e colei a suja na parede, mortinha da silva. Adeus mosca nojenta, você não me incomoda mais. Tirei você da minha vida, você não me incomodará nunca mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário