segunda-feira, 15 de junho de 2015

E começa de fato "o tempo de despedidas" !!!!

Começo de novo a me despedir de muitas coisas. Quero me despedir sem dó nem piedade dos últimos 6 meses da minha vida. Não quero levar dor, mágoa, raiva e nem nada que me remeta a tudo que passei nestes últimos meses. Não quero levar problemas de saúde, nem meus, nem da minha filha. E muito menos do lindo.
Não quero levar nada que me pese na alma ou no corpo. Não quero levar nada que me remeta aos falsos amigos.
Vou levar apenas as boas lembranças da minha vida e da minha família.
Já começamos a nos desfazer de algumas coisas materiais, mas o que realmente me pesa são as lembranças ruins e essas não vou levar.
Vou levar boas lembranças, ótimas expectativas e muita vontade de dar certo, de uma vez por todas.
Estou cansada de ser compreensiva, com coisas que não merecem compreensão. De perdoar coisas que não tem perdão. A chance que estou dando é para mim, para que eu seja feliz. POIS ACREDITO QUE MEREÇO SER FELIZ. E VOU SER DOA A QUEM DOER.
Perdoei o que não tinha perdão, compreendi o que não era compreensível, agora é vida nova. Como eu já disse lá em janeiro, e desta vez vou levar muito a sério e muito ao pé da letra, é o seguinte: Esse foi o último ciclo ruim da minha vida. Estou com cinquenta anos, não quero e não vou mais ter ciclos ruins que sejam provocados por outras pessoas. Quero viver o tempo que me resta em paz, tranquila e muito feliz, e vou viver deste jeito com quem quer e merece viver isso comigo. Acabaram-se as mágoas, o choro, a dor e a raiva. Agora só quero na minha vida pessoas sinceras, em quem eu possa confiar e se não for assim, não vou pensar duas vezes para tirar da minha vida, quem não merece minha confiança, seja quem for. Só fica comigo daqui para frente quem fizer por merecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário