terça-feira, 3 de setembro de 2013

Primeira aventura em Paris !!!!

Já fazem alguns anos que fui pela primeira vez para Paris. Na real eu estava indo para Madri, mas como já estava muito perto da copa do mundo daquele ano, não consegui mais passagem direto, então fizemos assim; Joinville/Curitiba/São Paulo/Londres/Paris/Madri, é minha gente foram mais de 30 hs de viagem, mas valeu a pena. Então eu também estava vivendo aquela crise horrorosa no meu casamento e optei por ser linda e chique para provocar o lindo e não pelo conforto, paguei caro por isso. Já no primeiro aeroporto o detector de metais começou a apitar, e assim foi mundo afora. Minha filha em Londres se irritou e me mandou guardar o cinto na bolsa, guardei, mas ao chegarmos em Paris o voo estava muito atrasado e tinha um rapaz nos esperando na saída do avião para nos levar bem rápido por aquele aeroporto enorme para não perdermos a conexão para Madri. Detalhe, na bagagem de mão ia uma feijoada inteira, feijão, arroz, farinha, linguiça, bacon, costelinha, etc, era para o namorado de minha filha que morava em Madri e fiquei com medo que os ingredientes estragassem no calor da mala. Então saímos correndo pelo aeroporto de Paris eu, minha filha, uma portuguesa que gentilmente nos ajudou a carregar a feijoada por todo o percurso e mais dois rapazes que se perderam em algum momento do percurso, mas eu não me perdi não.  Ao chegar ao ultimo portão o detector apitou freneticamente quando eu passei, porque??? eu já estava sem cinto. Aí foi um Deus nos acuda, tira relógio, brinco e a "porra" não parava de apitar, lá pelas tantas me mandaram tirar as botas, tirei e parou, quando pensei em me calçar o francesinho me olha torto e diz que não dá tempo, olho e digo que tenho que calçar e ele diz que não com tanta convicção e se eu ainda tinha alguma dúvida quanto a andar descalça por toda a área internacional do aeroporto, deixei de ter quando olhei para minha filha, seu olhar me fuzilava por mais esse perrengue provocado só porque eu queria irritar o lindo e estava irritando era ela mesmo. Então minha primeira vez em Paris começou assim, correndo só de meias soquetes brancas por todo o aeroporto, não foi cheia de glamour ??? Na volta as aventuras não ficaram atrás, mas isso fica para outro dia.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário