quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Minhas crianças !!!!

Meus filhos sempre foram crianças muito calmas e tranquilas, educados, muito cheirosinhos e desde pequenos chamavam atenção por falarem um português corretíssimo. Raramente me incomodavam, acordavam cedo e dormiam cedo também, se eu atrasasse o jantar por algum motivo corria o risco de dormirem sem comer, até mais ou menos 8 anos de idade iam pra cama as 7 hs da noite.
Então como eram assim bonzinhos eu os levava comigo a todos os lugares, iam comigo para sala de aula, salão de beleza e cafés com as amigas, enfim eram meus companheiros de todas as horas. Quando estavam com uns 6 e 9 anos de idade, fomos para Curitiba visitar uma amiga minha. Como eu ainda tinha medo de dirigir na Br, e o lindo já naquela época viajava muito, fomos de ônibus. Passamos o dia, e a noite pegamos  o ônibus de volta, nos sentamos os 3 em 2 bancos e como ambos queriam sentar na janelinha, fazíamos revesamento a cada 15 minutos, tempo que eles mesmo controlavam com todo rigor, essa viagem nos rendeu algumas pérolas que tenho bem vivas na memória até hoje. A primeira foi da minha filha, que ao sentar-se na janela no seu tempo olhou para o lado e viu a cidade toda acesa abaixo pois já era noite, e sem se conter soltou:
- nossa, parece um palco todo iluminado !!!
Depois de algum tempo de troca de lugar para cá e para lá, minha filha soltou para o irmão :
- Ai você está me apertando, não estou confortável !!!!
E ele não perdeu tempo na resposta :
- Caso você não tenha percebido ninguém está confortável, estamos todos apertados, não estamos andando na santana quantum do nosso pai, estamos num ônibus, então ninguém aqui está confortável !!!!
Ouvi o pessoal que estava na frente rindo e tratei de acalmar os ânimos, pois faltava ainda um bom trecho de viagem.
Ao chegarmos na rodoviária um dos rapazes que estavam sentados no banco da frente levantou, olhou para nós e disse:
- Deixa eu ver bem a cara desses dois que me divertiram a viagem toda !!!
Os dois então apesar de meio encabulados abriram o melhor de seus sorrisos para o rapaz.
Eles também tinham o hábito de escovar os dentes e virem até onde estávamos dar um beijo e desejar boa noite. Uma noite o lindo tinha chamado a atenção de Ruanito por alguma razão que não lembro agora, então ele veio até nosso quarto me beijou e desejou boa noite e saiu. Quando já estava no meio da escada o lindo falou :
- você não vai me dar boa noite ????
- eu não, porque depois do que o pai fez eu não vou ter uma boa noite, então também não vou desejar boa noite !!!!
Eram assim as minhas crianças, desde muito cedo sabiam o que queriam e não se deixavam intimidar quando tinham razão, raramente foram mal educados com alguém, mas também foram raras as vezes que não falaram o que pensavam quando achavam que estavam certos e que tinham sidos injustiçados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário