segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Hoje eu chorei !!!!

Primeiro vou abrir um post pra reclamar da vida, depois volto a ser feliz. Quem me conhece sabe que nunca fui uma pessoa dada a reclamar da vida, e muito menos a chorar, minhas amigas me chamam de "Dama de Ferro" pois sou dura na queda, mas acho que de tanto conviver com reclamações estou ficando meio " psica".
Então é assim, as pessoas provavelmente vão pensar, chorou porque louca ??? Não tá de férias na Europa com o lindo ?? Quer o que mais da vida ???
Bom, depois que o lindo fez a cirurgia na coluna no ano passado, ele não se recuperou por completo, quer dizer da cirurgia sim, mas da cabeça não. Então tá sempre reclamando de alguma coisa ou de alguma dor (ele sempre fez isso, a vida toda) mas agora é demais. Uma hora é dor nas costas, outra é nas pernas, na cabeça, no pé, no estômago porque tomou remédio demais. Não pode comer muito, também reclama se é pouca comida. Reclama de tudo, mas tudo mesmo. E eu sempre ali, procurando recursos, fisioterapeuta, massagista, traumatologista, geriatra, carregando as malas, dirigindo, cuidando sempre do seu bem estar, fazendo piadas, mostrando o lado bom e gostoso da vida, oh glória. AS VEZES FICO CANSADA. Mas só as vezes, e hoje acordei com o celular dele tocando as 6hs da manhã, porque ia pra academia do hotel, eu até ia junto, não me incomodo de acompanhar para dar uma força, mas levantou ?? Não, desligou o celular e dormiu de novo, eu não né. Mas tudo bem, um tempo depois dei uma abraço de bom dia e o que ele disse ???
- Espera um pouquinho que o celular já vai despertar
- Já despertou
Aí ficou emburrado e eu fiquei triste e puta da cara, porque cadê eu nessa história, deixei de existir ??? Tive um melanoma cutâneo de nível 3 ano passado, fiz 2 cirurgias no braço, faço acompanhamento a cada 3 meses, é uma longa bateria de exames e consultas, fico quase uma semana em função disso. Não posso mais pegar sol, coisa que eu mais amava no mundo, vivia bronzeada o ano todo, agora estou com cor de gente doente. E fico reclamando, fazendo drama não né ??
Aí falei :
- Vá fazer seus alongamentos, é a última vez que te mando fazer, não sou sua mãe, mas parece que virei ela. Então não vou mais mandar você fazer as coisas, sou sua mulher, não sua mãe, e quero ser tratada como tal, também preciso de atenção.
Só que daí ele faz cara de coitado, fica fazendo cara de quem tá engolindo a dor para não incomodar a megera que não entende que ele é um pobre homem doente. E eu fico com a consciência pesada porque eu sempre estou bem, não que nunca sinta nada, mas  estou sempre feliz e de bem com a vida.  E então agora deu, chega de reclamar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário