quinta-feira, 9 de agosto de 2012


Estamos na China...

Chegamos aqui na terça feira, até hoje não conseguia acessar facebook, orkut ou o blog, parece que tudo é proibido neste país. Vou contar a partir de sexta passada antes que eu esqueça.
Então na sexta tinha manicure brasileira que não veio. A italiana me cobrou 15 euros para lixar e pintar muito mal as minhas unhas. Em compensação fizeram bem direitinho o cabelo, ficou um pouquinho só mais escuro. Saudade do meu salão ali do ladinho de casa, onde todos os serviços eram muito bons.
No final da tarde saimos com destino a Nice, eu queria ir pelas estradas secundárias e o lindo pela auto estrada.  O GPS decidiu que íamos pela secundária, que bom. A viagem foi linda. Subimos o que no Brasil chamamos de serra, já quase lá em cima paramos num lugarejo chamado Vernante, tinha um café todo florido, onde comemos torta de amoras caseira (detalhe a torta estava morna ainda) e tomamos capuccino.
Não precisei pedir para parar, o lindo tem sido perfeito nessas ocasiões, está sempre me agradando.Logo depois passamos por Limones, que é uma típica cidade serrana, onde se encontra tanto turismo de inverno, quanto de verão, pois é cheia de hotéis e parques aquáticos. Imaginem só uma montanha, onde um rio serpenteia a estrada toda florida e cheia de lugarejos um mais simpático que o outro.
Na fronteira com a França esperamos uns 15 minutos num sinaleiro para atravessarmos um túnel que é a divisa entre os dois paises. Continuamos viagem assim, deslumbrados com a paisagem e rindo porque entramos e  na França, voltamos a Itália e voltamos a França de novo sem sairmos da estrada.
Chegamos lá já estava escurecendo, pois já eram quase 22hs. Depois de nos perdermos algumas vezes por nossa conta outras pelo GPS , chegamos ao hotel, que não era o que esperavámos, pelo preço que pagamos, tenho certez
a de conseguíriamos algo muito melhor e mais perto da orla.
Enfim hotel é só para dormir, então largamos as malas e fomos passear na praia. Logo que viramos a esquina já na orla de frente para o Caminho dos Ingleses, encontramos o restaurante La Serena, onde fomos muito bem atendidos por um garçon que falava italiano, que nos indicou bons pratos a base de peixe e um vinho rose maravilhoso. Depois de tomarmos 2 garrafas do rose, caminhamos pela orla até uma rua que tem muito movimento, por conta do comércio popular e dos bons restaurantes. Muito satisfeitos, voltamos ao hotel para dormir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário