terça-feira, 14 de agosto de 2012

As muralhas da China

visitamos no sábado, no caminho visitamos uma fabrica de jade, onde pudemos conhecer um pouco mais sobre a fabricação de jóias com a pedra. A guia que com certesa deve receber comissão em cima das vendas, tentou de todas as formas me convencer a comprar algumas peças. Eu não me agradei de nada, ao final apenas o lindo comprou um pingente par sua corrente. Quando nos viu de sacolinha na mão, ela com a desculpa de procurar o motorista que estava  ao nosso lado, voltou lá para dentro buscar " sua propina".
O fato de o dia estar nublado, facilitou nossa subida, porém, nos empediu de ter uma vista mais clara do lugar. Subir todos aqueles degraus, não é tarefa fácil par pessoa alguma. A guia nos disse que corre entre eles, a lenda de que as pessoas que sobem as muralhas, ao voltar são consideradas  "heróis". Vivemos um momento muito engraçado quando estávamos em uma guarita, e meu marido tentava tirar uma foto minha. Tinha um casal jovem no mesmo lugar, e ele a procura de um melhor ângulo, foi se metendo na minha frente.
Não aguentei e comecei a dar umas boas risadas, eles perceberam nos pediram desculpas e depois ele me pediu para tirar uma foto com a garota. Tirei, depois ele pediu para que meu marido também, no final nós também pedimos que eles tirassem uma foto comigo. Aí eu disse ao lindo " estás vendo como sou bonita e simpática, as pessoas já estão pedindo para tirar fotos comigo", ao que ele respondeu - não é que é costume deles pedirem para tirar fotos com ocidentais -. Te cuida jacaré!!!!!!! 
Na volta, a guia nos deixou numa loja de vasos enquanto ela e o motorista almoçavam. Vocês sabiam que eles parecem porcelana, mas na realidade são de cobre? E que um vasinho pequeno leva 2 semanas para ser pintado? É tudo feito artesanalmente, e as pinturas são feitas primeiro com fios de cobre, risco por risco. Depois vão ao forno, voltam para mesa, são pintadas com tinta feita de pó de pedras, com um conta gotas. Vão e voltam várias vezes ao forno e são lixadas com vários materiais naturais. A última delas com carvão vegetal. Ali comprei um sino e dois vasinhos que já vou colocar de enfeite na minha casa italiana. Dessa vez ao nos ver de sacola na mão, a guia disse ao meu marido que ia lá dentro da loja, me procurar. Podia ser mais esperta né?????
A tarde fomos conhecer o Ninho do Pássaro e o Cubo d' Água, que foram construidos para as Olimpíadas.
Como ainda não tínhamos almoçado, resolvemos comer o que todos por ali estavam comendo. Era noodles e uma salsicha assada. O macarrão estava super apimentado e a salsicha doce. Mas comemos tudo porque estavámos com muita fome. Tiramos muitas fotos e comprei um chapéu chinês que vou pendurar na parede ao chegar no Brasil.
Ela disse que depois iríamos conhecer as tumbas, mas já estávamos cansados e já chovia, então fomos ao hotel, onde deixamos as coisas e fomos a outro mercado trocar um aparelhino legal que toca música.
Terminamos o dia no Paulaner comendo muito bem.

As muralhas, como eu disse o dia estava muito nublado, então isso atrapalhou um pouco na hora das fotos.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário